quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

História de Guarapuava


Catedral Nossa Senhora de Belém

Parque da Cidade

 Guarapuava (do tupi-guarani: guará = lobo e puava = bravo) foi o nome dado aos Campos Gerais descobertos em 1770, com área primitiva de 175.000 km2. O território fazia limite com o rio dos Patos (Ivaí) até o rio Paraná, de Corrientes (Argentina) e dali até Goyo-En (Uruguai) até os Campos de São João (Porto União).  

Lágoa das Lágrimas

 O povoamento de Guarapuava foi o resultado de um processo histórico iniciado no século XVIII, com as Expedições do Tibagi e levado a cabo pela Real Expedição de Conquista do Povoamento dos Campos de Guarapuava, comandada por Diogo Pinto de Azevedo Portugal, que chegou à região em 17 de junho de 1810 e fez construir o Fortim Atalaia, onde abrigou as primeiras tropas, seus familiares e povoadores que dela fizeram parte. O Fortim Atalaia protegeu os componentes da Expedição dos frequentes ataques dos índios, pertencentes às três tribos que habitavam a região (Camés, Votorões e Cayeres ou Dorins)
Vista aérea

Salto São Francisco

Oficialmente, a cidade surgiu com a assinatura do Formal de Instalação da Freguesia de Nossa Senhora de Belém, em 9 de dezembro de 1819. Após a instalação da Freguesia, passou a ser vila em 17 de julho de 1852 e, devido ao progresso do povoado, em 12 de abril de 1871, elevou-se à cidade, tornando-se um dos promissores municípios do Paraná.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por visitar o Nosso Blog e por deixar o seu comentário. Volte sempre!

Postar um comentário