segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Movimento Eucarístico Jovem - MEJ

A Coordenação do Apostolado da Oração convida você da Paróquia São Pedro e São Paulo, que tem entre 9 e 15 anos para fazer parte do Movimento Eucarístico Jovem (MEJ). Haverá uma formação na tarde do dia 29 de janeiro com início às 14h assessorado pela coordenação diocesana. Faça sua inscrição com o Léo ou com a Zoraide na secretaria paroquial.
O Sagrado Coração de Jesus conta com você!
O quê é MEJ?
História do MEJ
Movimento Eucarístico Jovem

 
Palavra do diretor espiritual - Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro
Entre as prioridades pastorais da Igreja podemos contar o trabalho com o povo, com a juventude, com os pobres. O mundo com que trabalha o MEJ inclui os três. Milhões de adolescentes e jovens, na maioria pobres, espera nossa ajuda para ser gente, para não cair nas garras da delinqüência e do mal, para viver a dignidade dos filhos de Deus, para canalizar sua imensa energia na construção de um mundo novo.
Raízes inacianas
O Movimento Eucarístico Jovem (MEJ), na forma atualmente existente, foi fundado em 1962. Mas sua origem remonta a 1844, data do nascimento do Apostolado da Oração (AO).
O Fundador do AO, Pe. Francisco Xavier Gautrelet, SJ, em meados do s. XIX na França, interessou-se em aproveitar o valor apostólico da oração das crianças e formou um grupo chamado “Milícia do Papa”, incorporado posteriormente ao AO pelo seu discípulo, Pe. Henry Ramière, SJ. Este mesmo padre funda logo a primeira Cruzada Eucarística para fomentar entre jovens e adultos a comunhão freqüente.
Mas foi só em 1914, no Congresso Eucarístico de Lourdes, que surgiu a idéia da Cruzada Eucarística Internacional para atender aos desejos do Papa Pio X de promover a comunhão freqüente entre as crianças. Em 1915, no Colégio Tívoli, dos jesuítas de Bordéus, nasce a primeira Cruzada Eucarística para rapazes. Após a primeira guerra mundial a Cruzada Eucarística se expande pelo mundo todo, inclusive o Brasil.
Com o motivo da peregrinação a Roma da Cruzada Eucarística da França em 1960, o Papa João XXIII, que tinha sido Delegado Apostólico da Santa Sé na Turquia, ao dirigir-se na sua alocução aos jovens peregrinos, evita o nome “Cruzada” e fala em “Movimento Eucarístico”. A partir daí se impõe, primeiro na França (1962), depois em todo o mundo, o nome de Movimento Eucarístico Jovem (MEJ), que passará a ter uma feição pós-conciliar e moderna.
No Brasil, após amplas consultas, muito estudo e reflexão, o Secretariado Nacional do AO resolveu adotar oficialmente a nova denominação, em progressiva e gradual substituição à antiga e tradicional. Em 1980 Edições Loyola publicava a primeira edição do Manual do MEJ, que irá substituir as Normas para a Cruzada Eucarística, aprovadas por Pio XII em 1958 e publicadas no Brasil em 1963. Importantes mudanças foram introduzidas, inclusive ampliando a faixa etária para jovens a partir de 16 anos.
O MEJ
É uma seção especial do AO que tem elementos específicos e uma direção própria, segundo as circunstâncias. O AO, na expressão recente do Diretor Geral, Pe. Peter-Hans Kolvenbach, SJ, na sua “Carta Espiritual” (08/06/2003), é um caminho rumo à santidade para o cristão do 3º milênio e ao mesmo tempo uma comunidade missionária: "O Apostolado da Oração propõe um caminho rumo à santidade a partir do oferecimento diário que transforma nossa vida e nos coloca em comunhão universal de preces pela força do Espírito que habita em nossos corações e nos impele a vivenciar os mesmos sentimentos do Coração de JESUS para que, alimentados e modelados por Ele na Eucaristia e reconciliados pelo Sacramento da Penitência, possamos colocar-nos plenamente, de coração inteiro, a seu serviço e a serviço da Igreja, a exemplo de Maria, para que seu Reino venha a nós”.
Espiritualidade do MEJ

Os membros do MEJ esforçam-se por conhecer internamente a pessoa de Jesus e viver seu estilo de vida, através da experiência pessoal e comunitária de oração, discernimento e serviço. E procuram estar unidos a Ele especialmente celebrando, na Eucaristia, o memorial de sua vida, morte e ressurreição.
Para atingir tal objetivo o MEJ encontra Jesus no Evangelho e na Eucaristia e o acompanha na Missão. Seu lema, portanto, pode exprimir-se nestas palavras: ORAÇÃO, EVANGELHO, EUCARISTIA, MISSÃO.
- ORAÇÃO: Para o mejista a oração é algo vital. Oração pessoal contemplando a pessoa e os mistérios de Cristo, oração temperada pelo Espírito Santo, sempre presente na Igreja e no coração dos fiéis. Oração também a Maria, especialmente na reza dos mistérios do Rosário. A exemplo dela nos colocamos integralmente a serviço de seu Filho. O mejista começa o dia com a oração da oferenda de si mesmo a Deus Pai numa dimensão trinitária, em união com Jesus Cristo e com a força do Espírito Santo: "Deus, nosso Pai, eu vos ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e tarefas, meus pensamentos e palavras, alegrias e sofrimentos, em união com vosso Filho Jesus que continua a oferecer-se, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, assim como conduziu a Jesus, seja também meu guia e amparo, hoje e sempre, para testemunhar vosso amor a toda a humanidade. Com Maria Santíssima, Mãe de Jesus e da Igreja, rezo especialmente pelas Intenções que o Santo Padre recomenda à oração de todos os fiéis neste mês”.
- EVANGELHO: O compromisso do mejista é com uma pessoa muito especial e muito querida: Jesus de Nazaré, o Amigo de todas as horas que ama as crianças, adolescentes e jovens; a Palavra que devemos ouvir e vivenciar; o Mestre que nos envia a evangelizar; o Coração que ensina a amar como Ele ama. Para amar e evangelizar como o Coração de Jesus é mister ficar na escuta de sua Palavra, tentando imitar suas atitudes, como lembrava o Papa por ocasião do 150º aniversário do AO: “Em sua vida espiritual quanto mais alguém se inspira na Palavra de Deus no evangelho, tanto mais se identifica com os sentimentos de Cristo”.
- EUCARISTIA: O MEJ propõe aos jovens descobrir que podem fazer de toda sua vida uma oferenda: Tudo receber para tudo dar. Eis a intuição eucarística do MEJ, a exemplo de Jesus Cristo que se doa, que partilha a mesa, que reparte o pão e sua vida no mistério eucarístico. Como jovem responsável por um mundo melhor, o mejista, alimentado na Eucaristia e estimulado pelo exemplo de Jesus, reparte o pão de sua vida com a comunidade, especialmente com o mundo jovem, com os mais pobres, com os mais necessitados.
- MISSÃO: O MEJ quer ajudar os jovens a fazer a ligação entre sua fé e sua vida, e a engajar-se na Comunidade ou no ambiente onde vivem. O MEJ é um movimento apostólico. Nasceu do impulso missionário de jovens estudantes que desejavam colaborar para o crescimento do reinado de Cristo. Colaboração que pode ser feita em dois níveis:
1º) através da oferenda diária de nossas orações e atitudes, nossas obras, nossa vida para a salvação do mundo. Colaboramos com Cristo não somente com nossa atividade. Ele próprio nos convida a orar e interceder. O Santo Padre estima tanto a força da oração que propõe pessoalmente uma intenção geral e outra missionária para cada mês.
2º) através do testemunho e da ação. Um grupo fechado em si mesmo aos poucos transforma-se numa panelinha e acaba por morrer. O membro do MEJ é estimulado a alargar os horizontes, abrindo os olhos para sua escola, seu ambiente de trabalho, sua comunidade, sua cidade, e a descobrir como pode colaborar para ajudar os outros, especialmente o mundo jovem.
Organização e liderança
Para um grupo do MEJ atingir os objetivos propostos precisa-se de um mínimo de organização e ter:
- Um ou mais dirigentes. De preferência uma pessoa adulta: um sacerdote, um religioso/a,um casal responsável. Gente com carisma, engajada na pastoral da paróquia ou da comunidade. Eventualmente pode ser também um jovem com boa experiência no campo apostólico. Um jovem-adulto, com liderança, amigo, generoso, educador.
- Um ou mais monitores. Jovens entusiastas, com equilíbrio e boa conduta, conteúdo doutrinário e facilidade de comunicação. Líderes, profundamente comunitários, com vontade de ajudar os jovens, adolescentes e crianças a encontrar Jesus Cristo e a comprometer-se na construção de um Mundo Melhor.
* Para conhecer mais sobre o MEJ pode-se consultar o opúsculo “Movimento Eucarístico Jovem” e o “Manual do MEJ”, ambos das Edições Loyola.
Dois mejistas fazem parte da Comissão Arquidiocesana da PJ --- Arquidiocese do Rio de Janeiro.

2 comentários:

  1. Olá, irmãos em Cristo
    Deus abençoe a todos aí!!!
    Abraços fraternos de paz e alegria

    ResponderExcluir
  2. Olá, paz e bem! Estou visitando os catequistas unidos e aproveitando a oportunidade, convido você para conhecer meu novo blog, onde pretendo colocar somente atividades prontas para a catequese. O endereço é http://wwwcatequesigaratinga.blogspot.com.
    Abraços, bom final de semana e fique com Deus!
    Ivani Alves

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar o Nosso Blog e por deixar o seu comentário. Volte sempre!