sexta-feira, 25 de maio de 2012

Conversão e Testemunho - “Ide, anunciai o Evangelho a toda criatura”


Foram os temas trabalhados no 3º Retiro Paroquial das Santas Missões Populares, que realizou-se nos dias 19 e 20 de maio. Participou do retiro aproximadamente 200 pessoas, Padre Carlos de Oliveira Egler, Pároco, iniciou com a espiritualidade e anunciando as boas noticias das SMP. Padre Itamar Abreu Turco, Vigário Paroquial, trabalhou a Leitura Orante da Palavra, meditando a passagem bíblica Marcos 8,14-26, motivou e testemunhou que está copiando o evangelho escrito por São Marcos, para melhor interagir, foram organizados de forma dinâmica duplas para todo o período do retiro.
Luiz Antônio Ribeiro, Coordenador da Renovação Carismática Católica, assessorou o tema “Morte e Vida” para refletir como viver a convicção missionária. Usou o símbolo da Cruz, para refletir sobre a paixão e morte de Jesus, a importância do silêncio e da oração. Encerrando o dia com a Vigília: Oficio Divino e momento com Maria, conduzido pelas missionárias Eva e Luane.
No domingo iniciou as 7h com a adoração ao Santíssimo, após escreveram cartas para os pais, com momento de orações, reflexões e partilha. Foram muitos testemunhos em vários momentos do dia.
Padre Itamar, falou da convicção missionária, citando a convicção de José (Mt 1,24), de Maria (Lc 1,38), do Filho Pródigo (Lc 19,4), Zaqueu (Lc 19,4) e falou do apostolo Paulo, finalizou falando da perseverança, mediante as críticas, se estivermos alimentados pela Palavra, saberemos agir.
O missionário Mauro (Comunidade São José), conduziu a dinâmica do barquinho, também o missionário Antonio Miranda (Comunidade N. Sra. Da Guia) falou dos frutos da carne e do Espírito (Gálatas 5,1-26).
Encerrou o retiro com a celebração da Santa Missa, onde o Padre Carlos falou do 5º e 6º bloco das SMP, falou da conversão e sugeriu as atividades que podem ser realizadas neste período, os missionários com muito entusiasmo concordaram em participar das atividades que a equipe de coordenação vai organizar, no final da missa foi entregue a Cruz Missionária, como símbolo de compromisso assumido.
Para Dirlene Rossdeutcher, (membro da equipe da coordenação paroquial e responsável pela ornamentação), valorizou o trabalho em unidade, ressaltando que é emocionante ver os missionários participando e que o ambiente preparado ajuda na espiritualidade.
Também Thayane Chrystini Oliveira catequizando do 2º ano do Crisma, valorizou o ambiente ressaltando “ que tudo na vida tem um propósito, Deus não dá nada além do que podemos carregar e o que não vale a pena deve ser deixado de lado”.
Para a coordenadora Terezinha Alves “foi muito bom, muito proveitoso, as pessoas gostaram muito dos trabalhos, das dinâmicas, e a unidade das pastorais e movimentos foi muito importante para o bom êxito do retiro”.
Também para Sandra Inês Ramos Ribeiro (equipe de coordenação paroquial), enfatizou a importância da conversão, “todos nós precisamos nos converter, transformar nosso coração. Quando aceitamos a cruz temos que aceitar todos os desafios da evangelização”.
Durante o retiro o ministério das crianças, juntamente com voluntárias evangelizarão as crianças que os pais estavam participando do retiro, segundo a Edina, uma das organizadoras do evento afirmou que “trabalhando com as crianças, aprende muitas experiências novas e que as SMP junto com as crianças vai dar um passo a mais na evangelização”, também informou que estão se preparando para o retiro somente com crianças e adolescentes.
Para o Pe. Carlos, “com o 3º Retiro já começa um compromisso maior com a comunidade, trabalhando a temática da conversão e do compromisso, missão, conversão, fraternidade, responsabilidade, envolver mais missionários na dimensão de evangelização, este é o objetivo. Muito positivo o envolvimento das pessoas, com as SMP a Igreja quer mostrar o rosto da Igreja Católica Apostólica Romana e com a graça de Deus estamos vendo que isso gradativamente vem acontecendo, desafios tem bastante, confrontos, desentendimentos por outro lado é notável um crescimento muito grande, realmente as missões estão despertando um compromisso pessoal, com a Igreja e automaticamente com todos, SMP não é um projeto a mais na diocese, deve estar em todas as pastorais e movimentos como um eixo, e estou percebendo claramente que as SMP aqui na Paróquia São Pedro e São Paulo as missões começam realmente a ser esse eixo, a partir dai com toda certeza muitas bênçãos, muitas graças. É a evangelização que a Igreja pede.”

Texto: Adriana Horsth e Daniela Souza
Fotos: Maria Eduarda, Itamar Turco
Adriana Horsth e Daniela Souza
Veja mais fotos:









































Um comentário:

  1. TENHO ORGULHO DE PARTICIPAR DESSA COMUNIDADE

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar o Nosso Blog e por deixar o seu comentário. Volte sempre!